Queijo

123123.png2.png3.png
  • O descoberto do queijo

  • Desde o tempo romano, os queijos j√° eram um alimento muito apreciado pelas pessoas, existem, hoje, mais de 400 esp√©cies do queijo. As raz√Ķes pelas quais as pessoas gostam tanto dos queijos, n√£o s√≥ porque cont√™m muitos nutrientes, mas tamb√©m porque s√£o muito deliciosos.
  • No tempo neol√≠tico, os n√≥madas descobriram o leite e que lhes podia dar nutrientes. Assim, quando estavam viajar, n√£o precisavam de se preocupar com estes. Todavia, nas suas viagens, em virtude do calor, o leite estragava-se rapidamente.
  • No tempo mais tarde, um homem notou ocasionalmente que agitava o leite que transportava em bolsas fabricadas com o tecido estomacal dos animais, ele transformava-se numa pasta mais s√≥lida, devido √†s suas propriedades coagulantes do coalho. Come√ßaram, assim, a bater o leite com ramos, a esprem√™-lo em cima de pedras e a deix√°-lo secar ao sol, para a obten√ß√£o do precioso queijo.


6.png
5.png
  • A evolu√ß√£o do queijo na Europa
  • Na Europa, os gregos foram os primeiros a adoptar os queijos em suas comidas.
  • Entretanto, os romanos foram os respons√°veis pela maior divulga√ß√£o dos queijos pelo mundo. Na expans√£o de seu Imp√©rio eles levaram v√°rios tipos √† Roma. Elevaram o n√≠vel do queijo, transformando-o de simples alimento para uma iguaria indispens√°vel nas refei√ß√Ķes dos nobres e em grandes banquetes imperiais.





4.png

  • A evolu√ß√£o do queijo na idade m√©dia at√© hoje
  • Na Idade M√©dia os queijos atingiram um dos pontos mais altos no que se refere √† higiene. Certas ordens religiosas ganharam reputa√ß√£o por causa da qualidade dos seus queijos e das r√≠gidas regras de higiene em sua manufactura.
  • Ao longo dos tempos, o queijo evoluiu at√© os que conhecemos hoje. E se tornou um produto de consumo de elei√ß√£o com apreciadores espalhados pelos quatro cantos do mundo. Esse alimento nada mais √© do que um derivado do leite concentrado atrav√©s da coagula√ß√£o e da elimina√ß√£o da parte l√≠quida (soro).
  • Esses processos de coagula√ß√£o e de elimina√ß√£o do soro se convertem, assim, nas fases que caracterizam a produ√ß√£o de todas as variedades de queijo.
  • O que √© Queijo?
  • Queijo √© um produto fresco ou maturado, obtido por coagula√ß√£o e separa√ß√£o do soro de leite, nata, leite parcialmente desnatado, ou por uma mistura desses produtos.
  • Form√ß√£o do queijo





7.png







  • Queijo fresco
  • Queijo fresco o que est√° pronto para consumo logo ap√≥s sua fabrica√ß√£o.
  • Queijo maturado
  • Queijo maturado o que sofreu as trocas bioqu√≠micas e f√≠sicas necess√°rias e caracter√≠sticas da variedade do queijo.





  • Queijos portugueses
  • Portugal √© um pa√≠s produtor de queijos de excel√™ncia, tanto de vaca como de ovelha ou cabra ou at√© de mistura, uma consequ√™ncia de ter o territ√≥rio pejado de bons pastos.
  • O queijo de Cabra Transmontano √© curado e extra duro. √Č produzido na regi√£o deTr√°s-os-Montes e Alto Douro
  • O queijo Serra da Estrela, feito com leite de ovelha, √© um dos mais famosos de Portugal e tamb√©m √© conhecido por todo o mundo. √Č produzido na regi√£o da Serra da Estrela. Este queijo tem sabor suave e cheiro intenso. Trata-se de um queijo curado com pasta branca ou amarelada semi-mole, obtida de leite cru.
  • O queijo Terrincho tem origem no leite de ovelha churra da terra quente, conhecida por Terrincha, existente na regi√£o do Douro. √Č curado, semi-mole, de pasta ligeiramente untuosa, de cor branca, sendo o seu sabor suave

9.png
10.png
8.png







12.png
  • √Č preciso ter cuidado com o colesterol
  • Verdade: O queijo √© de origem animal, portanto tem a gordura saturada. ‚ÄúPor isso, n√£o devemos consumir em excesso, para evitar aumento do colesterol. Existem queijos que possuem apenas 4% de gordura total, como o cottage e a ricota‚ÄĚ.














14.jpg

  • Queijo embolorado nem sempre est√° estragado
  • Verdade: Se um queijo estiver embolorado, n√£o quer dizer que ele est√° estragado, pois alguns queijos como queijos do leite de cabras e ovelhas, t√™m o sabor caracter√≠stico devido o bolor dos fungos
  • Estes bolores s√£o diferentes daqueles de um queijo estragado. Existem alguns tipos de fungos que produzem uma toxina que ataca o f√≠gado e √© prejudicial para o nosso corpo. Portanto, cuidado em comer queijo estragado a pensar que se est√° a comer um queijo com fungos amigos da sa√ļde.
  • QUE VINHO BEBER COM QUEIJO
  • Um bom princ√≠pio √© acompanhar com vinho da mesma regi√£o, se poss√≠vel.
  • Para queijo de paladar menos acentuado: vinho tinto suave, pouco graduado.
  • Para queijo picante ou paladar muito acentuado: vinho tinto, mais forte.







  • CONSERVA√á√ÉO DO QUEIJO
  • Os quijos estragam-se rapidamente se n√£o t√™m cuidado com eles. T√™m dois maneiras para os tratar.
  • Temperatura ambiente ‚Äď Primeiro, p√Ķem-se, individualmente, em folha de papel de alum√≠nio ou cobrem-se com um pano embebido em vinho branco, para que n√£o ressequem. Colocam-se depois em local fresco e seco.
  • No frigor√≠fico ‚Äď o processo √© igual ao referido na cima, mas, depois de coberto de papel de alum√≠nio, tem de os colocar em caixa sem ar e, depois , na parte m√©dia do frigor√≠fico.


(Leandro)